Já falei que ninguém está entendo nada, mas sobre a PEC 241 (agora chamada de PEC 55) você precisa entender.

Não vou saber te dar uma aula super didática sobre economia, mas não é preciso de muito para saber quando estão nos tirando algo que é nosso por direito.

So pra você entender a PEC é uma Proposta de Emenda a Constituição. Basicamente ela é usada para modificar nossa constituição, Constituição de 1988.

PEC 241/55 Congelamento nos gastos públicos.

A proposta vem com o intuito de definir um teto para os gastos em setores públicos por um determinado tempo, a saúde e educação é com certeza dois dos alvos dessa emenda.

A população está crescendo e com o congelamento de investimentos será impossível atender a demanda.

Se  você estudou ou estuda em escola pública ou precisou usar os hospitais públicos, consegue entender que congelar os gastos não é a saída porque bem resumidamente  ja faltam materiais nas escolas, e medicamentos nos hospitais, imaginem depois. Mas do que adianta investir bilhões se já vimos muitas vezes parar no bolso de deputados ou governadores dinheiro de merenda ou das reformas nos hospitais, UPA’s e postos de saúde? 

O problema está no investimento ou na administração? Eu diria nos dois.
O fato é : continuar investindo como tem sido ou congelar não irá resolver se todo o dinheiro não for aplicado de maneira que faça a diferença.

Importante resaltar a demora de julgamentos para políticos que desviam verba de investimentos, que fazem com que a impunidade seja uma abertura para fazerem o que querem, já que até ser julgado e investigado…

Outro ponto que promete ser alterado é o salário mínimo do trabalhador e esse eu nem preciso argumentar com você. Os deputados possuem até 14° salário e regalias absurdas, e dizem que tem que cortar de nós, logo os contribuintes.

Existem outros meios de aliviar a economia no Brasil já que a ideia partiu desse problema, e quer saber? Impostos proporcionais a rendas seria um deles, recentemente houve aumento de salário para parlamentares e os demais (clique aqui), empréstimo de dinheiro para o FMI (clique aqui) sem contar os exagerados auxílios para deputados, auxilio terno, saúde, transporte e por aí vai, fora os 500 bilhões que gastamos com juros de bancos anualmente, dinheiro que é concentrado na mão de poucos

Simples e resumido assim, agora que já sabe o que tá rolando tire suas conclusões sobre as seguintes perguntas: Da pra deixar barato? Eles realmente trabalham por nós para a população para desenvolvimento econômico e humanitário do país? 

Se você precisa de mais um pouco de informação da uma olhada nesse vídeo do meu antigo professor de história Pedro Rennó nesse vídeo ele  fala também da importância de um investimento não só quantificativos mas qualificativos (vídeo).

Anúncios